SEMENTES PARA O FUTURO

Sementes para o Futuro

Em 2017, os violentos incêndios que afectaram a nossa região criaram uma necessidade e uma urgência de acção concertada sobre as nossas florestas.

Já este ano, as organizações parceiras e co-promotoras deste projecto, envolveram-se numa discussão alargada sobre a necessidade de repensar e agir sobre o ordenamento florestal, e sobretudo, sobre a necessidade de reflorestar áreas ardidas de forma correcta, mais resiliente e sustentável, da qual resultou um Seminário e, brotou a ideia de agirmos e criarmos micro-maternidades de árvores autóctones, numa co-responsabilização de todos para além dor organismos habituais: famílias, empresas, associações, IPSS, etc. Contudo, verificámos também a escassez, a curto prazo de sementes e, por tal, a necessidade prioritária na sua recolha.

O Fundo Ambiental possibilitou a apresentação de candidaturas e o GAL Dueceira, na qualidade de entidade promotora, em parceria com os Municípios e outros Agentes Locais e o apoio técnico da ACTIVAR, ADSCCL e Lousitânea, teve acesso a um financiamento para testar uma ideia de envolvimento das comunidades na recolha de sementes e na criação de micro maternidades de árvores nos seus 4 concelhos de abrangência: Lousã, Miranda do Corvo, Penela e Vila Nova de Poiares.

Da ideia à acção, faz diferença a vontade de querer fazer acontecer!

Por isso, nestes dias 15 e 16 de Outubro de tão más memórias, lançamos publicamente a iniciativa, da qual vos daremos detalhes a cada momento, porque todos e cada um seremos fundamentais na construção de uma região mais feliz e harmoniosa com o seu Ambiente.

Ao longo dos próximos meses daremos conta de um processo que queremos que seja em comunidade e para a comunidade!

Façam parte! Estejam Atentos! Visite-nos através da nossa página oficial do facebook.