Apoio Extraordinário por quebra da Atividade será pago em Abril

Apoio Extraordinário por quebra da Atividade será pago em Abril

O apoio extraordinário por quebra de atividade para os trabalhadores independentes será pago em abril, esclareceu hoje, o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

A questão da data de entrada em vigor foi levantada pelo facto do formulário só ter estado disponível hoje e da lei referir que o apoio seria pago no mês seguinte ao do requerimento.

Como esta demora na disponibilização do formulário, foi da responsabilidade do Governo e não do Trabalhador, será considerado o mês de abril para primeiro pagamento.

O apoio financeiro tem a duração de um mês, prorrogável até ao máximo de seis meses.