Infeção urinária nos Seniores

Infeção urinária nos Seniores

Nos seniores, a infeção urinária é uma preocupação constante devido à deterioração do sistema renal, que acontece com o envelhecimento.

Condicionantes como a incontinência urinária e a falta de mobilidade, que alguns idosos apresentam, podem potenciar o seu desenvolvimento.

Também os fatores emocionais podem contribuir para o seu surgimento, devido à perda de imunidade associada a essas condições.

Geralmente, a infeção urinária é causada por bactérias que vivem na região genital. Esta pode começar pelo trato inferior (vulvovaginite, uretrite e cistite), e subir para os rins, (pielonefrite) tornando-se uma infeção grave.

Os principais sintomas são:

  • Ardor ao urinar;
  • Urgência miccional;
  • Urina avermelhada (com sangue) e com mau cheiro;
  • Dores no “pé da barriga”;
  • Febre.

Nos homens, a uretra tem de 15 a 20 cm, enquanto nas mulheres varia de 4 a 5 cm de comprimento, sendo este um dos motivos para maior incidência de infeção urinária em pessoas do sexo feminino.

É importante a higiene adequada diária em ambos os sexos. Para os homens, a higiene peniana inadequada, principalmente em não circuncidados, pode resultar em infeções.

Prevenção:

  • Beba bastante água (entre 1,5 /2l);
  • Não adie a ida ao WC. Quanto mais urina parada, mais chances de infeção;
  • Limpe a região com o papel higiênico no sentido frente para trás. Do contrário poderá trazer as bactérias que estão na região anal para a vagina;
  • Urine após ter relações sexuais;
  • Dê preferência ao uso do duche que também é sempre de cima para baixo;
  • Troque com frequência os pensos higiénicos e fraldas geriátricas se aplicável.

Em casos de suspeita de infeção urinária, procure um profissional de saúde