Memórias de Ilustres Desconhecidos #15 (29/12/2021)

Memórias de Ilustres Desconhecidos #15 (29/12/2021)

Numa época em que celebramos a vida e a família, ainda que em tempos muito diferentes, trazemos a memória da D. Nilde que nos relembra a agricultura e os cultivos como uma atividade em que todos iam e participavam! Conta-nos a D. Nilde: “Eu só me sinto bem a cavar terra, a sachar milho. Antes quando andava a tratar das terras andava sempre a cantar! As minhas filhas iam a alumiar o caminho, porque íamos regar à noite, e eu ia a cantar que era para elas não adormecerem. Havia noites em que adormeciam em pé! E não podia ser, tinham de ir acordadas para não pisar os regos.”

Que esta quadra traga alegrias, como as cantorias da D. Nilde, e muita luz para um novo ano!