Memórias de Ilustres Desconhecidos #9 (17/11/2021)

Memórias de Ilustres Desconhecidos #9 (17/11/2021)

“Nasci em 1930, portanto tenho 90 anos. Este ano já faço 91. Nasci em Monte Redondo, Leiria e vim para a Lousã fazer nove anos. (…) Trabalhei em todos os distritos de Portugal. Tive muitos dias que trabalhei quarenta e oito horas seguidas, sem ir à cama. Gostei de todas as obras, mas tenho o prazer de dizer que fiz o primeiro troço do metropolitano em Lisboa que foi inaugurado em 57. Fiz a rotunda do Marquês de Pombal por três vezes – cada vez que abriam um troço do metro a rotunda era toda estragada e calhou-me a mim sempre as três vezes que ela foi reconstruída ser eu a fazê-la! Ser eu a reconstruí-la, vá. Ainda andei a farejar por vários lados, também já estava a aparecer a crise, ou qualquer coisa, já não arranjei trabalho em mais lado nenhum. Comecei aqui a entreter-me em casa a fazer armários, a tratar aqui do quintal. Pouco a pouco, arranjar coisas aí de pedreiro que nunca tinham sido ainda acabadas, e assim me segurei. Mentalizei-me depressa, havia muita coisa aqui para fazer em casa e eu fiz.”

Hoje trazemos a Memória do Sr. José, que andou por aí pelo nosso país, a trabalhar de sol a sol, e que se orgulha de ter contribuído para duas obras na capital! Não se conformando com os efeitos da crise, descobriu outros ofícios e continuou a sua jornada, criando o seu conforto e as suas oportunidades!