Memórias do Ser Criança #4

Memórias do Ser Criança #4

E porque ser criança também é ser engenhoso, criar formas diferentes de se entreter e às vezes… aos outros também! 😀 Nesta história, o Sr. Albano leva-nos à sua infância, às bulhas de irmãos, ao desafiar os limites, a ter a comunidade a cuidar das suas crianças, e aos sonhos! 🙂 fiquem com esta história deliciosa!

“Eu quando era criança os meus pais davam tudo o que estava ao seu alcance, fui uma criança muito feliz. A minha mãe gostava que eu e as minhas irmãs dormíssemos a sesta, mas eu não gostava. Então sempre que a via com lenço na cabeça, já sabia que ela ia atarefada o que me fazia ter medo dela, porque se ela me apanhasse ia-me meter a dormir e bater. Então num certo dia, disse que queria ser eu a ir guardar os pitinhos, mas na verdade fugi de casa. Mas a minha irmã viu que eu ia fugir, apanhou-me, começamos a lutar, eu consegui fugir e fui esconder-me numa arca que tinha baganha e fiquei a espreitar por uma fresta para ver as pessoas a passar. A minha mãe quando deu pela minha falta começou a gritar e veio a aldeia toda à minha procura por todo lado, até que um senhor me apanhou… e quando fomos para casa a minha mãe bateu-me com um chinelo e ralhou muito comigo. O meu sonho era ser jogador de futebol.”